Paste your Google Webmaster Tools verification code here

Projeto que pretendia zerar salários de políticos é retirado

08 out, 2015

CÂMARA PROMETE OUVIR PROJETO DE INICIATIVA POPULAR PARA EXTINÇÃO DE VERBA DE GABINETE E REDUÇÃO DE SALÁRIOS.

Na reunião ordinária ocorrida na noite de ontem (05/10), a representante dos movimentos sociais e sindicais, Sandra Bittencourt, esclareceu aos presentes que o projeto de iniciativa popular já está sendo pensado há mais de 1 ano. Em Agosto de 2015 foi realizada uma reunião com várias entidades que propuseram uma mobilização com abaixo assinado para apresentar à Câmara Municipal, pedindo a extinção da verba de gabinete individual dos vereadores e redução de 50% dos salários dos vereadores, prefeito e vice prefeito.

As advogadas do Sindicato dos Servidores Públicos, Simone e Zélia Couri, explanaram que o projeto de autoria da mesa diretora que visava zerar os salários dos políticos ou mesmo a redução para R$3.000,00, do salário do prefeito, também proposta pela mesa diretora, traria um prejuízo muito grande para os funcionários públicos municipais, pois haveria um congelamento dos salários de todos aqueles funcionários que ganham mais do que esse valor.

As comissões da Câmara Municipal opinaram pela retirada dos projetos para posteriormente fazer uma proposta consistente com base no projeto de iniciativa popular, que visa não zerar os salários, mas adequar à realidade da nossa cidade, sem demagogia e oportunismo neste final do mandato.

O vereador Jair Abreu afirmou que continua apoiando a iniciativa popular, pois acredita que é ouvindo a população que poderemos fazer propostas coerentes e justas, sem brincar com a inteligência de toda a população de Muriaé.

A coleta de assinaturas por parte dos movimentos sociais e sindicais continua durante este mês, sempre no período da tarde, em frente à Caixa Econômica Federal, no Centro. Você também poderá ajudar levando uma folha para colher assinaturas em sua casa, vizinhança, trabalho, etc. Participe! Você também é responsável!

Postagens relacionadas

Deixe seu Comentário